A Capacidade do Ser Humano de Se Acostumar com as Coisas

By André Gibran

jan 18

Estou de volta. As férias se foram...

Graças a Deus, amo meu trabalho. Tanto que fiz questão de postar artigos por aqui, mesmo estando de férias.

A primeira coisa que notei quando cheguei em casa foi a sensação de estranheza que me deu. Explico: passamos parte das férias na casa da minha sogra, no Paraná. E além de nós, também estava por lá a família do meu cunhado.

Na prática, tinha gente na casa toda o dia todo.

Aí chegamos em casa. Silêncio. Ninguém além de nós. Eu, Fernanda e duas princesas. E é isso.

Chegamos ontem e confesso que até agora ainda não me acostumei completamente à falta daquela gente toda. Foi muito bom.

Agora vamos falar do contrário.

Lembro também de quando cheguei na casa da minha sogra. Gente por todo lado. Gosto muito da família da minha esposa, relaciono-me muito bem com todos. Mas quando fui, eu estava acostumado a ficar em casa. Então ao chegar, estranhei também, e por alguns momentos senti falta de estar apenas com a minha família, poder sentar no sofá e assistir Netflix.

Conforme a gente vive e os anos passam, vamos passando repetidamente por situações assim.

Pra mim, o aprendizado que fica é que a gente se acostuma a qualquer tipo de vida.

De vez em quando olhamos pra trás, pro lugar que vivíamos em Guarulhos, e comento com a minha esposa: "como conseguíamos viver bem naquela casa? O lugar que vivemos hoje é muito melhor."

Igualmente, recordando momentos difíceis que tivemos com a Lara, nossa filha mais velha, a gente se pergunta: "Como conseguimos passar por isso?"

O fato é que a nossa resiliência é muito maior do que acreditamos. Quando você está na situação, você se acostuma a ela.

É bom lembrar disso.

De repente você está vivendo algo novo agora, e esse algo novo pode não estar te agradando muito. Você pode estar estranhando alguma coisa. Mas saiba: essa estranheza passa, e em breve você já estará acostumado a essa realidade.


Follow

About the Author

Em 2013 eu larguei meu cargo público no Tribunal de Justiça de SP pra viver de marketing digital (uma baita galera me criticou por isso...). Essa acabou sendo a melhor decisão de minha vida! Desde então já ajudei milhares de pessoas a usarem o poder do Copywriting pra construir vida nova fazendo algo que amam!

>